10 Curiosidades que você precisa saber antes de viajar para países Muçulmanos

Os países árabes são muito conhecidos devido a sua devoção religiosa e cultura intimamente ligada a sua adoração. Se você planeja conhecer Tel Aviv, Jerusalém, Dubai ou algum outro país muçulmano, veja veja 10 curiosidades que você precisa saber antes de viajar para países Muçulmanos e não passe vergonha.

Ao viajar para países muçulmanos é necessário ter bastante conhecimento prévio sobre o que deve ou não ser feito para não cometer pequenos delitos e insultos culturais sem querer.

A cultura muçulmana/islâmica não é limitada apenas por continentes, e sim por regiões, listei abaixo os países de maioria islâmica,ou seja os que mais da metade do país pratica o Islam:

Arábia Saudita, Somália, Afeganistão, Maldivas, Saara Ocidental, Turquia, Irã, Argélia, Mauritânia, Iêmen, Túnisia, Omã, Comores, Djbuti, Marrocos, Paquistão, Líbia, Iraque, Tadjiquistão, Jordânia, Catar, Senegal, Azerbaijão, Egito, Mali, Níger, Gâmbia, Uzbequistão, Turcomenistão, Indonésia (maior concentração mundial), Bangladesh, Síria, Guinpe, Kuwait, Bahrein, Palestina, Quirguistão, Emirados Árabes, Líbano, Albânia, Brunei, Sudão, Malásia, Serra Leoa, Burkina Fasso, Chade, Nigéria, Eritréia, Etiópia e Bósnia.

10 Curiosidades que você precisa saber antes de viajar para países muçulmanos
Reprodução: Pixaba

1 – A curiosidade é normal para os muçulmanos

Uma característica cultural que chama bastante a atenção ao conhecer pessoas de países do oriente médio, é a franqueza deles.

Em países muçulmanos é comum as pessoas fazerem perguntas que alguns consideram  íntimas e pessoais como a respeito do seu estado civil, se você tem filhos, casa, carros, qual seu salário, e por aí vai.

Para eles esse tipo de questionamento é comum, e fazem essas perguntas até mesmo para pessoas que acabaram de conhecer, por isso, não se sinta interrogado se alguém começar a te fazer um monte de perguntas.

2 – Cuidado ao cruzar as pernas

Cruzar as pernas é algo muito comum por lá tanto para homens, como para mulheres, o problema porém está na posição dos seus pés.

Na maior parte dos países árabes apontar a sola do pé para alguém é considerado uma afronta terrível, inclusive falei sobre esse gesto no post sobre sinais comuns no Brasil que você não deve fazer em alguns países.

Então fique atento a sua postura ao sentar com as pernas cruzada, tente nunca sentar apoiando o calcanhar no joelho de forma que a sola do pé fique apontada para alguém.

3 – Arrote depois das refeições

A melhor forma de você demonstrar que gostou da comida em um país árabe é arrotando. Eu sei que você foi ensinado que fazer isso a mesa é sinal de falta de educação, porém não arrotar por lá é que será.

Se você tiver com vergonha de arrotar, fique tranquilo, porque isso é muito comum para eles, na verdade se você se recusar a colocar para fora o arroto o chef pode se sentir insultado.

4 – Não seja boca suja

Falar palavrões pode ser comum aqui no Brasil, principalmente em momentos de descontração. Famosos fazer piadas com palavras de baixo calão e são considerados engraçados por isso.

Porém, tome bastante cuidado com o que você vai falar em público, mesmo que você não fale a língua nativa do lugar que está visitando, é importante tomar cuidado para não usar palavrões em inglês para dar uma de engraçado.

Quem fala palavrão nos países do oriente médio é muito mal visto e inaceitável, ainda mais se forem ditos na frente de uma mulher, ou pior, por uma. Por isso, respeito a cultura e segure e evite usar expressões chulas.

5 – Dar um bom vinho como presente não vai agradar

É muito comum filmes retratarem amigos dando vinhos de presente, ou levando a bebida para um jantar na casa de um conhecido. Porém se você estiver visitando alguém no oriente médio, esse presente não vai agradar.

Presentear com vinho (e qualquer outro tipo de bebida alcoólica), ou até levar algum doce feito com álcool não é bem visto pelos muçulmanos, visto que o álcool é proibido na maior parte, por isso é bem desrespeitoso dar esse tipo de presente.

6 – Tome cuidado na hora de cumprimentar

Aqui no Brasil é muito comum cumprimentarmos as pessoas com beijos e abraços, isso inclui até pessoas que acabamos de conhecer. Mas você deve tomar muito cuidado com esse tipo de atitude em países Árabes.

Contato físico é completamente inaceitável entre pessoas do sexo oposto, se você for homem poderá abraçar outro homem e o mesmo é válido para mulheres, embora esse tipo de cumprimento só aconteça com pessoas muito íntimas.

7 – Tire os sapatos antes de entrar na casa de alguém

A maior parte dos muçulmanos tiram os sapatos antes de entrar na casa, inclusive normalmente existe um lugar reservado para deixar os sapatos guardados.

Esse costume está ligado a cultura e religião deles, as solas dos sapatos são consideradas impuras, por isso é importante mostrar respeito e também tirar o sapato para entrar na casa de alguém.

8 – Normalmente homens e mulheres não vão se misturar

Se você viajar em família e forem convidados para visitar a casa de uma família Árabe, não se assuste caso você fique em um cômodo da casa e o seu cônjuge em outro.

Os muçulmanos tentar diminuir ao máximo as interações entre o sexo oposto, por isso em muitos lares, os homens se reúnem em uma sala e as mulheres em outra.

9  – Agradeça sempre

Mesmo que você não for religioso é importante mostrar respeito pelas culturas alheias, se for convidado para jantar em um país muçulmano é imprescindível dizer “bismillah” (em nome de Deus) antes de comer.

Após a refeição também é importante expressar agradecimento tanto ao anfitrião, como a Deus, para isso são utilizadas 2 expressões básicas, “dayman” (sempre haja fartura em sua mesa) e a frase “alhamdu lilla” (graças sejam dadas a Deus).

10 – É importante usar a roupa adequada

Eis uma questão que causa bastante polêmica devido a diversidade cultural e religiosa do país. Em países muçulmanos a mulher não deve chamar a atenção para si, por isso o uso de maquiagem, perfume e determinados tipos de roupas estão restritos apenas ao lar.

Como turista você não vai sofrer nenhuma pena por usar maquiagem ou perfume em público, mas o bom senso é sempre um ótimo aliado para situações incomuns.

Usar roupas curtas, coladas, transparentes e decotadas está fora de questão, se você estiver vestida assim no momento da viagem, pode nem passar pela alfândega.

Saias que mostrem as pernas também não devem ser utilizadas. Shots não devem ser usados por homens nem por mulheres.

Roupa típica das mulheres muçulmanas: niqab
Reprodução: Pixabay

A burca conhecida como “niqab” é usada para cobrir todo o corpo da mulher, o que também incluí o rosto, deixando apenas o olho visível. O uso desse adereços é obrigatório apenas para as mulheres muçulmanas.

 

 

Mulher muçulmana com um Hijab
Reprodução: Pixabay

Usar o niqab não é obrigatório para as turistas na maior parte dos países, porém no Afeganistão, Irã e Iraque é aconselhado usar pelo menos o “hijab” que é um tipo de véu que cobre o cabelo, porém deixa o rosto aparente.

 

Se você for à praia pode deixar o biquine em casa, é proibido (mesmo para estrangeiros) o uso de biquines, maiôs, e shorts. Se você for entrar na água, entre com calça e blusa de manga longa mesmo.

Bônus – Cuidado com demonstrações de Afeto

Nós Brasileiros somos mundialmente conhecidos como um povo caloroso e amoroso. Inclusive é muito comum ver demonstrações de afeto em público quando estamos passeando pelas ruas, mas esse tipo de atitude é ofensiva e pode gerar multas em alguns países do oriente médio.

Em países como Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Irã, (e outros que você pode conferir no post sobre países que proíbem a demonstração de afeto em público) por exemplo, por lá é proibido por lei demonstrar qualquer tipo de afeto em público, isso inclui: andar de mãos dadas, beijo no rosto, e obviamente na boca.

Demonstrações de afeto em público são terminantemente proibidas, e podem gerar multas e chibatas. Sendo assim, é melhor respeitar a lei e evitar problemas.

A cultura oriental é muito diferente não só da Brasileira, como da ocidental no geral, porém quando viajamos estamos preparados para conhecer culturas e hábitos diferentes dos nossos.

É importante respeitar os hábitos e culturas de todas as pessoas, fazer isso nos permite conhecer melhor outras culturas a aumentar nossa visão de mundo.

Ao viajar para outros países, principalmente do oriente médio, é necessário ter bastante conhecimento prévio sobre o que pode ou não ser feito para não passar por constrangimentos ou insultar alguém sem querer.

Isso não significa que você deve ficar extremamente preocupado e atento a cada detalhe minúsculo, afinal, todos vão saber de cara que você é um turista, e por isso qualquer gafe que você cometer será tratada com tolerância, mas fazer sua parte para demonstrar respeito é importante.

Gostou da nossas dicas? Compartilhe com seus amigos para que eles também possam aproveitar uma possível viagem para conhecer essa cultura incrível. Também deixe no seu comentário sobre a matéria, e dê dicas se tiver!

Aproveite que você está em clima de viagem e assine nossa newsletter para receber as melhores promoções de passagens aéreas para o Oriente Médio!