12 Coisas que você precisa saber antes de viajar para a Europa

Quando viajamos para outros países estamos nos expondo a culturas diferentes, e por isso é importante ficar atento a determinados gestos e modos de agir, que no Brasil são comuns, mas no exterior não são bem vistos. Pensando nisso, fizemos uma lista com 12 coisas que você precisa saber antes de viajar para a Europa.

O povo Europeu costuma ter vários hábitos que são bem incomuns para nós Brasileiros, por isso é interessante viajar preparado para não ficar em apuros ou passar por constrangimentos desnecessariamente.

Normalmente a maior parte dos turistas costumam se informar do que deve ser feito, onde comer, onde ficar, o que ver, e por aí vai, porém vamos dar dicas um tanto quanto diferentes, porém muito importantes.

12 Coisas que você precisa saber antes de viajar para a Europa
Reprodução: Pixabay

O que não fazer em países Europeus

Quando viajamos para outros países entramos em contato com outros costumes e culturas, por isso é necessário ficar atento ao que pode e o que não pode ser feito para causar nenhum mal entendido.

Pensando nisso, recentemente postamos um artigo com 20 gestos e sinais comuns no Brasil que você não deve fazer em alguns países, muitos desses gestos envolvem países Europeus.

Mas além disso, tem outras coisas que não devemos fazer. Por isso separamos 8 coisas que você não deve fazer ao viajar para Europa.

1 – Pedir para alterar algum ingrediente do seu prato

Na maior parte dos países Europeus a comida é encarada como algo importante e que faz parte da cultura deles, sendo assim, os pratos são preparados pensando em toda a experiência gustativa da pessoa que irá comer.

Diferente de alguns outros destinos, como nos Estados Unidos e até aqui no Brasil, onde você pode tirar ou acrescentar coisas no prato e até “customizar” um do zero prato todo, na Europa é visto como falta de educação pedir alterações no prato, a menos que você realmente não coma algo, ou tenha alergia..

2 – Entrar em igrejas com blusas de alça ou regatas

Igrejas e templos são lugares que devem ser mantidos sagrados, e na Europa isso é levado à sério.

Na maioria dos locais de adoração, é proibido entrar com o ombro descoberto. Também é considerado desrespeitoso, usar shorts e bermudas. Então, se no seu roteiro estiver incluso visitar alguns desses prédios fique atento a sua roupa para não ser impedido de entrar.

3 – Achar que todo mundo fala inglês

Esse é um erro muito comum não só na Europa, mas na maior parte dos outros continentes também. É  verdade que muitos Europeus falam bem inglês mas você deve tomar cuidado para não parecer desrespeitoso.

A menos que esteja visitando o Reino Unido, ninguém é obrigado a falar inglês, inclusive nas capitais do países mais famosos não é todo mundo que fala inglês.

Outro fator a ser considerado, é que pessoas mais velhas tendem a ser menos fluentes em inglês do que os mais jovens. Mesmo assim, não presuma assuma que um Europeu fale inglês fluentemente, mesmo um jovem.

Se você não souber falar a língua do país em que está visitando, tente anotar pelo menos algumas frases principais, como por exemplo: “Eu não falo a sua língua, você fala inglês?”; “Por favor”, “obrigada”, “de nada”, “desculpe-me”, “bom dia”, “boa tarde”, “boa noite”, etc.

Ao fazer isso, você estará mostrando respeito pela pessoa com quem está conversando, além de mostrar que está disposto a aprender.

4 – Tirar fotos em lugares proibidos

Quando vamos à lugares turísticos nossa primeira reação costuma se fotografar tudo que vemos pela frente para ter certeza que iremos nos lembrar de cada detalhe dessa experiência. Porém, na Europa, vários pontos turísticos tem restrições em relação à tirar fotos.

Não tente dar o tradicional “jeitinho brasileiro” e tirar fotos mesmo assim. Na Europa eles levam a sério essa questão, sendo assim ao burlar a regra.

Você não será preso ou terá que pagar uma multa,  mas chamarão a sua atenção em público, e ser humilhado publicamente não é nada legal.

5 – “Olhar” as coisas com as “mãos”

A maior parte dos Brasileiros gostam “olhar as coisas com as mãos”, usar apenas os olhos não é algo muito comum aqui no nosso país, porém sair pegando as coisas sem ter a intenção de comprar é considerado como falta de educação na Europa.

Quando se trata de frutas, verduras e legumes, mesmo quando você tem a intenção de comprar, não é recomendado que toque nos produtos, você deve indicar ao atendente o que você deseja, e ele vai colocar na sacola para você.

6 – Andar no sistema de transporte público sem comprar o ticket

Em muitos países da Europa o sistema de transporte público funciona a base da confiança, sem pessoas ou máquinas para fiscalizar, sendo assim, pode ser muito tentador entrar no metrô sem comprar um ticket.

Quando não há fiscalização é óbvio que muitos se aproveitarão, mas que não seja você. Embora as fiscalizações sejam raras, não haja dê uma de esperto só para economizar alguns euros, esse tipo de atitude só vai mostrar que você é uma pessoa mal educada e pronta para burlar a lei.

7 – Falar sobre assuntos polêmicos

Os Europeus costumam ser um povo muito reservado, por isso falar sobre assuntos como guerras, religião, esportes, e sexualidade, pode parecer invasivo e indelicado, por isso evite falar sobre esses temas ao máximo.

8 – Imitar o sotaque do país falando português

A maior parte dos Brasileiros se sente poliglota apenas por imitar os sotaques alheios, misturando com o português. Embora nossos vizinhos Sul Americanos não se importem muito com o famoso “portunhol”, o mesmo não acontece na Europa.

Há muitos brasileiros que acham que falar uma outra língua se resume a decorar meia dúzia de palavras, e em todas as outras, simplesmente usar um pseudo-sotaque.

Mas fazer isso só vai fazer você parecer que está debochando deles, o que pode te colocar em uma situação constrangedora.

Se você não é fluente no idioma do país em que está visitando, simplesmente admita isso, e evite querer dar uma de poliglota as avessas, por mais reservados os Europeus sejam, eles também são bem compreensivos.

O que fazer em países da Europa

Depois de falar de tanta coisa que não podemos fazer, é interessante também citar o que devemos fazer para que possamos passar uma boa impressão para as pessoas. Veja 4 dicas simples:

9 – Seja educado SEMPRE

Por favor, obrigado e  desculpe-me, são palavras simples e que não tiram pedaço, porém por alguma razão inexplicável, essas palavras são cada vez menos utilizadas pelos Brasileiros. Mas não é bem assim na Europa.

Por se tratar de um povo bem tradicional, apegado a cultura, educação é a palavra de ordem em todos os países, por isso é essencial sempre agir de forma educada com todos.

Ao falar com as pessoas, não se esqueça de agradecer, seja para os garçons, vendedores ou ao falar com pessoas que te ajudaram na rua. Em muitos casos as pessoas vão estar mais dispostas a te ajudar se você pedir com educação.

10 – Fique de olho no relógio

Outra coisa que é bem levada á sério por lá, é a questão do horário, por lá, os restaurantes costumam fechar cedo, por isso não se planeje para jantar às 22 horas, dependendo de onde você estiver, pode acabar ficando com fome.

Aqui no Brasil, atrasar é comum, inclusive muitos chegam atrasados cerca de 10 ou 15 minutos sempre. Mas não é bem assim na Europa, a maioria é extremamente pontual, (não só os ingleses), sendo assim não se atrase.

Saia sempre antes para excursões ou para refeições com horário marcado. Atraso não só é um sinal de falta de educação, como também é um desrespeito com os demais.

11 – Sempre faça um roteiro bem definido ao viajar

Improvisar nunca é uma boa ideia quando você tem data para ir e para voltar, atrações turísticas é o que não falta na Europa como um todo, por isso é importante ter um roteiro bem definido para não perder nenhuma atração.

Quando for fazer seu planejamento, leve em consideração os horários, clima e distância dos locais que pretende visitar, e onde pretende comer, alguns pontos turísticos são muito distantes um do outro, por isso planejamento é essencial.

Para te ajudar, preparamos um checklist para você se planejar melhor em viagens internacionais.

12 – Seja Prevenido

Por mais que você faça um planejamento detalhado a respeito dos locais que pretende visitar, estar prevenido para mudanças é sempre bom. Embora o clima na Europa seja bem estável, estar preparado para mudanças climáticas é sempre uma boa.

Sendo assim, por mais que não tenha previsão de chuva, sempre leve um guarda chuva, no verão é bem comum chover durante as tardes, e você não vai querer se molhar.

Da mesma forma que um belo dia pode se tornar chuvoso, o contrário pode ocorrer, pode isso, sempre leve na bolsa óculos de sol e protetor solar, o clima pode ser bastante imprevisível dependendo da temporada.

Quando viajamos encontramos culturas e hábitos diferentes dos nossos. Quando nos preparamos para estas diferenças, garantimos uma viagem muito mais incrível, que nos permite conhecer melhor essas culturas.

Embora muitas coisas sejam comuns para os brasileiros, como demonstrar afeto em público (inclusive fizemos um post sobre esse assunto), chegar atrasado, ou burlar lei, devemos ficar atentos para não fazer essas coisas no exterior e passar uma imagem de desrespeito com o próximo.

Siga as regras, seja uma pessoa discreta, aberta às novidades e diferenças culturais, assim você poderá aproveitar cada segundo a sua viagem para a Europa.

Se você gostou da nossas dicas, e tiver outras para compartilhar, deixe no seu comentário, é sempre um prazer ouvir o que nossos leitores tem a dizer!

Aproveite que você está em clima de viagem e assine nossa newsletter para receber as melhores promoções de passagens aéreas para a Europa!