Saiba tudo sobre a PID – Permissão Internacional para Dirigir!

O que é a PID?

A CNH brasileira é aceita em vários países, mas dependendo e sua permanência no destino, você só poderá dirigir utilizando a Permissão Internacional para Dirigir – a PID. Esse documento é ótimo para quem pretende dirigir e alugar automóveis no exterior, mesmo se o país aceitar a CNH brasileira, a PID ajuda a identificar o motorista mais rapidamente.

Você precisa possuir uma CNH dentro da validade para fazer a solicitação da PID. Ela deverá ser feita no DETRAN do seu estado e desde 2006 é padronizada de acordo com o modelo estabelecido na Convenção de Viena, que garante a aceitação do documento em mais de cem países.

As condições de saúde do condutor são as mesmas exigidas pela CNH e a foto da PID será a mesma da CNH. Além disso, você só pode solicitar a PID no estado onde sua CNH foi emitida.

Saiba tudo sobre a PID - Permissão Internacional para Dirigir!
Foto: Divulgação

 

Como tirar a PID?

Infelizmente, não existe apenas uma maneira de solicitar a PID. Como o documento é liberado pelo DETRAN, um órgão estadual, cada estado tem seu próprio procedimento.

Em São Paulo e Minas Gerais, por exemplo, é possível fazer a solicitação do documento online. Já no DETRAN do Rio de Janeiro, é preciso agendar uma data para entregar todos os documentos.

A taxa também varia entre R$ 45,00 e R$ 200,00. Verifique o site do DETRAN do seu estado e siga o procedimento informado!

Quais países aceitam a Permissão Internacional para Dirigir (PID)?

África do Sul, Albânia, Alemanha, Anguila (Grã Bretanha), Angola, Argélia, Argentina, Arquipélago de San Andres Providência e Santa Catalina (Colômbia), Austrália, Áustria, Azerbaidjão, Bahamas, Barein, Bielo-Rússia, Bélgica, Bermudas, Bolívia, Bósnia-Herzegóvina, Bulgária, Cabo Verde, Canadá, Cazaquistão, Ceuta e Melilla (Espanha), Chile, Cingapura, Colômbia, Congo, Coréia do Sul, Costa do Marfim, Costa Rica, Croácia, Cuba, Dinamarca, El Salvador, Equador, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos, Estônia, Federação Russa, Filipinas, Finlândia, França, Gabão, Gana, Geórgia, Gilbratar (Colônia da Grã Bretanha), Grécia, Groelândia (Dinamarca), Guadalupe (França), Guatemala, Guiana, Guiana Francesa (França), Guiné-Bissau, Haiti, Holanda, Honduras, Hungria, Ilha da Grã-Bretanha (Pitcairn, Cayman, Malvinas e Virgens), Ilhas da Austrália (Cocos, Cook e Norfolk), Ilhas da Finlândia (Aland), Ilhas da Coroa Britânica (Canal), Ilhas da Colômbia (Geórgia e Sandwich do Sul), Ilhas da França (Wallis e Futuna), Indonésia, Irã, Iriã Ocidental, Israel, Itália, Kuweit, Letônia, Líbia, Lituânia, Luxemburgo, Macedônia, Martinica (França), Marrocos, Mayotte (França), México, Moldávia, Mônaco, Mongólia, Montserrat (Grã Bretanha), Namíbia, Nicarágua, Níger, Niue (Nova Zelândia) Noruega, Nova Caledônia (França), Nova Zelândia, Nueva Esparta (Venezuela), Panamá, Paquistão, Paraguai, Peru, Polinésia Francesa (França), Polônia, Porto Rico, Portugal, Reino Unido (Escócia, Inglaterra, Irlanda do Norte e País de Gales), República Centro Africana, República Checa, República Dominicana, Republica Eslovaca, Reunião (França), Romênia, Saara Ocidental, Saint-Pierre e Miquelon (França), San Marino, Santa Helena (Grã Bretanha), São Tomé e Príncipe, Seichelles, Senegal, Sérvia, Suécia, Suíça, Svalbard (Noruega), Tadjiquistão, Terras Austrais e Antártica (Colônia Britânica), Território Britânico no Oceano Índico (Colônia Britânica), Timor, Toquelau (Nova Zelândia), Tunísia, Turcas e Caicos (Colônia Britânica), Turcomenistão, Ucrânia, Uruguai, Uzbequistão, Venezuela e Zimbábue.