Taxa de embarque nas suas passagens aereas: saiba o que é e porque pagá-la!

As taxas de embarque acabam gerando muitas dúvidas em todos os consumidores, por conta do valor acrescido nas passagens aereas, que oscilam de acordo com a companhia aérea e pela natureza da viagem.

Desta forma, é de extrema importância conhecer os critérios que as companhias aéreas adotam e as possíveis variáveis, para que você consiga garantir as melhores tarifas no preço de passagem aérea.

O que são as taxas de embarque cobradas nas passagens aereas?

A taxa de embarque é uma tarifa obrigatória inclusa no preço da passagem aerea, paga no ato da compra. Essa taxa é destinada 100% à Infraero, para realizar todas as manutenções e adaptações que os aeroportos precisam.

Todas as dependências dos aeroportos, incluindo banheiros, saguão, salas de espera, conveniências, pistas, estacionamento, escadas rolante e outros, são administrados pelo valor pago na taxa de embarque.

Saiba o porque pagar a taxa de embarque nas passagens aereas

Como essa taxa é calculada nas passagens aereas?

De acordo com a Infraero, o valor é determinado conforme a categoria do aeroporto e o tipo de viagem – seja ela doméstica ou internacional. Vale lembrar que mesmo se você comprar passagem milhas essa taxa será cobrada!

No começo de 2018, o governo federal autorizou o aumento das taxas de embarque, conexão, pouso e permanência em aeroportos brasileiros, com um reajuste de 4,58% – menor do que o reajuste em 2017, que foi de 7,98%.

Para embarques domésticos, o valor acrescido às passagens aereas é de R$31,27 na 1ª categoria e na 2ª categoria, o custo é de R$24,57. Já para embarques internacionais o valor é de R$118,06 nos aeroportos de 1ª categoria e na 2ª categoria o valor fica em R$98,37.

A primeira categoria de aeroportos nacionais inclui os de Belém, Boa Vista, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Maceió, Manaus, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro(Santos Dumont), Salvador, São Luís e São Paulo (Congonhas).

Já os 49 aeroportos públicos classificados como segunda categoria, engloba os de Belo Horizonte (Pampulha), Campo Grande, Campina Grande, Fernando de Noronha, Foz do Iguaçu, Goiânia, Ilhéus, João Pessoa, Joinville, Juiz de Fora, Londrina, Macaé, Maringá, Petrolina, Porto Seguro e outros.

A lista completa com a definição de todos os aeroportos e suas respectivas categorias está disponível no portal da Infraero!

Ainda, caso você compre as passagens aereas promocionais e por algum motivo não embarque, você tem direito garantido por lei para reembolso da taxa. Mas, é preciso que o passageiro solicite à companhia aérea a devolução do valor.

Como comprar suas passagens aereas

Além da taxa de embarque é importante estar bem atento e ciente de alguns detalhes antes de comprar suas passagens aereas. Existem outras tarifas como a taxa de serviços, taxa governamental e custos de serviço de intermediação que podem estar incluídas no preço de passagem de avião. Portanto, leia todos os detalhes antes da compra!

Após feito isso, procure pelo melhor lugar para comprar suas passagens aereas. A 123 milhas oferece ofertas incríveis de passagens com destinos nacionais e internacionais, diferente de tudo que se encontra no mercado. Faça uma pesquisa rápida e comprove a economia.